PUBLICIDADE
IPCA
-0,31 Abr.2020
Topo

União Europeia aciona botão de pânico e retira limites para gastos públicos

José Paulo Kupfer

20/03/2020 16h34

A União Europeia (UE) acionou, nesta sexta-feira (20), a "cláusula geral de escape", uma regra que permite aos países membros desconsiderarem as rígidas normas de controle fiscal adotadas pelo bloco. É a primeira vez que este autêntico botão de pânico é disparado, desde que a UE passou a existir oficialmente, em novembro de 1993.

Com a decisão, a partir de agora os países do bloco poderão gastar o quanto acharem necessário, na proteção de famílias e empresas, como forma de enfrentar os violentos impactos sociais e econômicos da pandemia de Covid-19.

Por tempo não determinado, estão suspensas as limitações impostas por metas fiscais e níveis da dívida pública. "Prometemos que faríamos tudo para apoiar os europeus e as empresas europeias durante a crise", justificou Ursula von der Leven, presidente da Comissão Europeia, em vídeo no Twitter. No dia anterior, as autoridades da UE já tinham relaxado a regra que impunha condições à ajuda dos governos a empresas.

A decisão da UE pode servir como estopim para uma sucessão de decisões de outros países, na mesma direção.

 

 

Sobre o Autor

Jornalista profissional desde 1967, foi repórter, redator e exerceu cargos de chefia, ao longo de uma carreira de mais de 50 anos, nas principais publicações de São Paulo e Rio de Janeiro. Eleito “Jornalista Econômico de 2015” pelo Conselho Regional de Economia de São Paulo/Ordem dos Economistas do Brasil, é graduado em economia pela FEA-USP e integra o Grupo de Conjuntura da Fipe-USP. É colunista de economia desde 1999, com passagens pelos jornais Gazeta Mercantil, Estado de S. Paulo e O Globo e sites NoMinimo, iG e Poder 360.

Sobre o Blog

Análises e contextualizações para entender o dia a dia da economia e das políticas econômicas, bem como seus impactos sobre o cotidiano das pessoas, sempre com um olhar independente, social e crítico. Finanças pessoais e outros temas de interesse geral fazem parte do pacote.

José Paulo Kupfer